Traduções: English - Italiano - Português (Brasil)


Perguntas frequentes

Contribuir para o Debian não é tão difícil quanto parece. Existem muitas formas para fazer a diferença, mas às vezes é difícil encontrar um caminho. Esta página tenta oferecer algumas direções.

Por que você deveria contribuir para o Debian?

Se você está lendo esta página, provavelmente já está usando o Debian, então você já sabe parte da resposta. Para um(a) desenvolvedor(a), o Debian é realmente um projeto fantástico em que se trabalhar. O Debian reúne mais de 500 desenvolvedores(as) ativos(as) e muito mais contribuidores(as) de todo o mundo (veja este mapa), todos(as) dedicados(as) a construir um sistema operacional universal, livre e de alta qualidade. Desenvolvedores(as) Debian são voluntários(as) (o projeto é totalmente controlado pelos(as) desenvolvedores(as)) e formam uma comunidade amigável e receptiva (fotos das últimas DebConfs anuais são uma boa prova disso).

Dentro do Debian é possível trabalhar em aspectos bem diferentes (e é possível trabalhar em diversos deles ao mesmo tempo). Você pode trabalhar em coisas de baixo nível enquanto ajuda a portar o Debian para arquiteturas exóticas (o Debian suporta mais de 10 arquiteturas) ou empacotar a próxima linguagem de script da moda. Você pode trabalhar em coisas de servidor ou coisas de desktop. Você também pode trabalhar em coisas que não são relacionadas restritamente à programação, como traduções (o instalador do Debian suporta mais de 60 idiomas). Resumindo: junte-se ao Debian, você sempre pode encontrar um projeto interessante dentro dele!

O projeto Debian é um lugar para minhas habilidades de programação?

Você deveria perguntar a si mesmo(a) isto, enquanto lê Por quê Debian para desenvolvedores(as)? (em inglês).

Não sou um(a) programador(a). Como eu posso ajudar?

Veja Existe um lugar para contribuidores(as) que não desenvolvedores(as)? (em inglês).

O que você quer fazer?

Você quer trabalhar com um pacote específico (ou com pacotes específicos) que já estão no Debian

Muitos pacotes são mantidos pelos times. Existem times para jogos, GNOME, KDE, Python, Ruby, fontes... A maior parte dos times está listada na página wiki de times. Se os pacotes que você está interessado(a) já são mantidos por um time, é fácil: somente contate os(as) participantes do time e veja como você pode ajudar. Os times geralmente recebem novos(as) contribuidores(as) e são bem responsivos.

Alguns pacotes também têm um relatório de bug RFH (Request For Help ou Solicitação de Ajuda) aberto, você pode ver uma lista deles aqui e contatar o(a) mantenedor(a) ou o time responsável para verificar o estado atual.

Se o pacote que você se interessa não é mantido por um time, pode ser mais complicado. Enquanto muitos(as) mantenedores(as) são bem responsivos e serão muito receptivos(as) a sua ajuda, alguns(mas) mantenedores(as) podem estar muito ocupados(as) ou inativos(as), e podem ignorar sua ajuda. Não deixe que isso seja desencorajante!

Você quer empacotar um novo software para o Debian

Você pode manter pacotes no Debian, até sem ser um(a) desenvolvedor(a) Debian (seus uploads serão patrocinados por um(a) desenvolvedor(a) Debian). Você tem que ler a documentação (inicie com o Guia de novos(as) mantenedores(as) (em inglês) e com a Referência para desenvolvedores(as) do Debian), a seguir prepare seu pacote e, finalmente, encontre um(a) patrocinador(a) (sponsor). Esteja ciente de que encontrar um(a) patrocinador(a) é um passo muito difícil: isto é meio que um gargalo atualmente no Debian. Então é importante fazer com que o trabalho do(a) patrocinador(a) seja o mais fácil quanto possível, preparando um pacote perfeito ;-)

Se seu pacote pode ser mantido por um time (lista de times), é uma ideia muito boa contatá-lo. O time pode ajudar com problemas específicos e provavelmente será mais fácil encontrar um(a) patrocinador(a) dentro do time.

Você quer melhorar o Debian no geral, não focar em um pacote específico

Existem muitas maneiras de ajudar o Debian sem focar em um pacote específico, como a Garantia de Qualidade (Quality Assurance ou QA -> como ajudar o time de QA), traduções, documentação... mas o mais fácil é ajudar com bugs. Muitos(as) iniciantes no Debian não entendem o quão central é o Sistema de Rastreamento de Bugs. Atualmente é onde as coisas mais interessantes acontecem.

Quando procurar por um bug para corrigir, existem muitas coisas a se considerar:

Para ajudar, algumas listas de bugs estão disponíveis:

Você quer trabalhar na infraestrutura do Debian e/ou melhorar um programa específico do Debian

Esta é uma tarefa bem diferente e requer habilidades avançadas: é geralmente direcionada para desenvolvedores(as) experientes e possivelmente para pessoas com longa experiência no Debian e em desenvolvimento. Considere que a contribuição nesses subprojetos é geralmente para corações fortes e não existe um roteiro para entrar nos times e/ou para contribuir nos projetos. A regra geral é programar antes de falar. Nos mostre o código e você terá alguma chance de que sua contribuição seja considerada. Em muitos casos, o ponto de partida para contribuir para algum software central é corrigir bugs vencidos há muito tempo para aquele software, por exemplo. A mesma regra se aplica à manutenção de infraestruturas: a admissão para alguns times de administração é governada por regras estabelecidas pelos próprios times e você deve contribuir com algumas tarefas bem básicas e maçantes antes de ser oficialmente admitido(a) a contribuir. Este é o jeito.

Nós tínhamos uma página geral de tarefas a serem feitas (TODO) no site web principal, mas incluir aqui as tarefas interessantes para nossos times deve ser considerada uma boa prática. O que segue é uma lista de possíveis áreas de contribuição com referências para pontos de partida para ingresso. A lista não é exaustiva e nem completa.