https://screenshots.debian.net/shrine/screenshot/18580/simage/large-681fb18890d67a6a46769b926ab5054d.png

Instalando o Firefox

A partir de pacotes Debian

No DebianEstável (stable), instale o pacote firefox-esr.

Isto instala a lançamento com suporte estendido ("Extended Support Release" - ESR) do Firefox. ESRs não são atualizados com novos recursos a cada seis semanas. Eles são suportados por mais de um ano, atualizados com as principais correções de segurança ou estabilidade.

Suporte para idiomas diferentes do inglês está disponível em pacotes nomeados firefox-esr-l10n*.

No DebianInstável (unstable), para instalar a versão de lançamento do Firefox, instale o pacote firefox.

A partir do repositório apt da Mozilla

A partir da versão do Firefox 122, a Mozilla fornece um repositório apt para o Debian. Instruções de instalação estão disponíveis on-line.

A partir de binários da Mozilla

A Mozilla distribui binários prontos para uso do Firefox para Linux em seu site web:

Para instalar qualquer um deles no DebianEstável (stable):

A partir do Flathub

A Mozilla fornece um FlatPak oficial em FlatHub.

Se ainda não configurou o flatpak, execute

sudo apt install flatpak
flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Instale-o:

flatpak install flathub org.mozilla.firefox

Execute-o:

flatpak run org.mozilla.firefox

Se já adicionou /var/lib/flatpak/exports/bin para seu PATH, você também pode executá-lo com o comando

org.mozilla.firefox

Flatpaks não suportam mensagens nativas. Portanto, add-ons que dependem delas, como KeePassXC Browser, não funcionarão. Uma solução para o KeePassXC é apresentada no fórum do Flathub. Uma vez que o soquete do KeePassXC foi renomeado no KeePassXC 2.6, para esta versão você precisa ajustar a solução como descrito no comentário #3.

Usando o snap

A Mozilla fornece pacotes Snap oficiais para o Firefox:

Se ainda não instalou o snapd, execute

sudo apt install snapd

Instale-o:

sudo snap install firefox

Execute-o:

snap run firefox

Snaps suportam mensagens nativas, nenhum passo a mais é requerido para habilitar o suporte para add-ons como KeePassXC Browser.

Migrando o Firefox do Debian para o Firefox do repositório original (upstream)

Primeiro instale o Firefox como descrito na seção Instalando o Firefox -> A partir de binários da Mozilla.

Ao iniciar o novo Firefox do repositório original (upstream), o Firefox começará com um perfil novo e vazio. Se não quer isso, pois quer continuar usando seus favoritos, configurações, extensões e assim por diante, termine o Firefox e inicie-o assim:

./firefox --ProfileManager

Você será apresentado aos perfis disponíveis. O perfil novo e vazio provavelmente será nomeado default-esr-1 (se você estiver usando uma versão ESR do Firefox). O perfil que você estava usando antes, com o Firefox do Debian, provavelmente será chamado de default-esr (se você não o renomeou anteriormente). Selecione o perfil default-esr. Agora verifique se tudo funciona bem, porque pode acontecer que um novo Firefox não seja capaz de lidar com o perfil de um Firefox antigo. Se deu tudo certo, da próxima vez que você abrir o Firefox, faça novamente executando ./firefox --ProfileManager e certifique-se de que seu perfil antigo está selecionado como o padrão.

Atenção: ao fechar o Firefox de forma limpa, o Firefox perguntará se você realmente quer fechar as N abas atualmente abertas. Se confirmar, no próximo início o Firefox terá perdido suas abas abertas atualmente. O que você pode fazer em vez de fechar o Firefox e preservar sua sessão - ou seja, as abas atualmente abertas - é encontrar o processo principal do Firefox e fazer um kill nele. Assim, o Firefox perguntará da próxima vez se você quer restaurar a sessão e as abas que estavam abertas antes dele ser fechado. Tudo isso pode não ser uma forma limpa e você pode perder dados que estava entrando em formulários antes de matar o Firefox, então pense sobre isso antes de matar o Firefox desta forma.

Aceleração de vídeo por hardware

Serve para Debian 11/Bullseye.

Configure seu sistema e instale os pacotes necessários: AceleraçãoDeVídeoPorHardware.

Começando em torno da versão 95, o Firefox tem ativado a aceleração de vídeo de hardware via VA-API, mas ainda precisa ser ligada manualmente. O firefox-esr versão 102 está disponível nos repositórios de segurança do Debian para o Debian 11 desde 2022-09-23.

Digite about:config na barra de endereços:

media.ffmpeg.vaapi.enabled

true

AVC/h.264 HEVC/h.265 funciona

media.ffvpx.enabled

false

desabilita a decodificação de software interno do firefox do VP8/VP9 e força decodificação de hardware

Em seguida, inicie o Firefox com base em se você usa X11 ou Wayland:

X11

MOZ_X11_EGL=1

Wayland/Xwayland

MOZ_ENABLE_WAYLAND=1

por exemplo, o comando de lançamento .desktop para X11 e binários Mozilla:

Exec=env MOZ_X11_EGL=1 /home/user/firefox/firefox

Para versões 96 e posteriores, as configurações acima podem mudar.

Intel

intel-gpu-tools

# intel_gpu_top

intel_gpu_top mostrará o motor de vídeo que está sendo usado se a aceleração de vídeo do hardware estiver funcionando. Desde que esteja acima de 0%, está funcionando.king.

Desabilitar o code AV1

Se vainfo exibe que seu hardware suporta decodificação AV1, deixe habilitado.

Um monte de hardware não suporta decodificação de hardware AV1. Você pode desativar o codec, assim sites como youtube retornarão para h.264/h.265 ou VP8/VP9, que são suportados. Isso salvará sua bateria e/ou reduzirá o consumo de energia/carga de CPU.

Digite about:config na barra de endereços:

media.av1.enabled

false

Nota: se o site web só tem vídeo AV1 disponível, nenhum vídeo será exibido.

Perfis

Os dados de usuário(a) do Firefox (sua página inicial, barras de ferramentas, extensões instaladas, senhas, favoritos...) são armazenados em uma pasta de perfil (profile). (Veja esta página de suporte da Mozilla).

find ~/.mozilla.firefox/ -name compatibility.ini -exec rm '{}' \;

jou, se estiver usando o flatpak

find ~/.var/app/org.mozilla.firefox/.mozilla/firefox/ -name compatibility.ini -exec rm '{}' \;

Desabilitando conexões automáticas

O Firefox faz uma série de conexões automatizadas para servidores da Mozilla (e outros) sem pedir explicitamente ao(à) usuário(a) por aprovação. A Mozilla documenta essa lista na página Como fazer o Firefox parar com conexões automáticas. Aqui está uma tabela dos parâmetros acima e como o Debian diverge do padrão do repositório original (upstream):

A tabela abaixo pode estar desatualizada. Foi criada em 2018-09-23 da página do repositório original, olhando para um perfil vazio no Firefox ESR 60.2.1esr-1. A documentação da Mozilla em si pode estar faltando alguns parâmetros também.

Funcionalidade

Parâmetro

Mozilla

Debian

Auto-update checking

app.update.enabled

true

false

Auto-update search engines

browser.search.update

true

true

Blocklist updating

extensions.blocklist.enabled

true

true

Anti-phishing and malware protection lists

browser.safebrowsing.downloads.remote.enabled

true

true

Tracking protection

privacy.trackingprotection.enabled

false

false

Secure website certificates (OCSP)

security.OCSP.enabled

1

1

Link prefetching

network.prefetch-next

true

true

DNS prefetching

network.dns.disablePrefetch

false (means enabled)

false

Speculative pre-connections

network.http.speculative-parallel-limit

6

0

Add-on list prefetching

N/A (can't be turned off)

enabled

enabled

Extensions update check

extensions.update.enabled

true

true

Live Bookmarks updating

N/A (user-enabled)

none by default

none by default

Downloads restarted

N/A (user-enabled)

N/A

N/A

Search plugin icon loading

?

?

?

Firefox Sync

? (needs user to opt-in)

N/A

N/A

Snippets

browser.aboutHomeSnippets.updateUrl

enabled

enabled

Geolocation for default search engine

browser.search.geoip.url

enabled

enabled

"What's new" page

browser.startup.homepage_override.mstone

enabled

enabled

Add-on metadata updating

extensions.getAddons.cache.enabled

enabled

enabled

Telemetry

browser.selfsupport.url

N/A?

N/A?

Telemetry

toolkit.telemetry.enabled

false in releases, true in nightly

false? there are other parameters

Telemetry coverage

toolkit.telemetry.coverage.opt-out

not present (means enabled)

not present

OpenH264 plugin download

media.gmp-gmpopenh264.enabled

true

false

WebRTC

multiple

enabled

enabled?

Send Video To Device

browser.casting.enabled

false

N/A?

Captive portal detection

network.captive-portal-service.enabled

true

true

Loopback connection

can't be disabled

disabled on Linux

disabled

Outros projetos objetivam melhorar a segurança e a privacidade no Firefox:

Extensões

As extensões NPAPI não são mais suportadas no Firefox a partir da versão 85: Mozilla Firefox não suporta mais extensões NPAPI.

Soluções de problemas

Firefox quebra recorrentemente em um site web: (Firefox is consistently crashing on a website)

Não há som: (No sound)

Vá para os passos gerais da solução de problemas de som. Se isto não funcionar, reinstale alsa e pulseaudio:

sudo apt remove --purge alsa-base pulseaudio
sudo apt install alsa-base pulseaudio

Desempenho de renderização ruim: (Bad rendering performance)

Se o Firefox tiver um desempenho ruim ao renderizar páginas da web ou ao reproduzir vídeos em tela cheia, um primeiro passo antes de configurar a aceleração de vídeo por hardware é trocar gfx.webrender.all para true em about:config. Dependendo da sua placa gráfica e drivers, isso pode ou não ter um efeito positivo no desempenho.

Erro de segurança ao navegar para um site web cujos certificados estejam assinados por uma Autoridade Certificadora privada (Security error when navigating to a website whose certificate is signed by a private Certificate Authority)

Verifique se ajuda seguir os passos em Adicionando uma Autoridade Certificadora privada/personalizada ao Firefox

Iceweasel

Desde o Debian Etch até o Debian Jessie (9 de junho de 2016), o Mozilla Firefox não estava disponível no Debian com o nome e a marca oficiais. Em vez disso, o Debian disponibilizava uma versão de software livre renomeada pelo Debian, chamada Iceweasel. Esta ramificação foi mantida por causa de um desacordo com a Mozilla em relação às adequações retroagidas das correções de segurança para o DebianEstável (stable), e como resultado não pode usar a arte registrada da Mozilla.

A partir do DebianStretch, o pacote iceweasel] foi transformado em um pacote de transição para firefox-esr. Políticas de suporte Debian normais, incluindo patches para correções de bugs, aplicam-se ao pacote.

Era habitual o Iceweasel requerer os pacotes gstreamer1.0-libav gstreamer1.0-plugins-good para um bom suporte à reprodução de vídeo.


CategoryWebBrowser | CategorySoftware | CategoryNetworkApplication | CategoryRedundant: combinar com informações relevantes em Mozilla