Traduções: English - español- Italiano - Português (Brasil)


O BTS pode monitorar versões de bugs. É possível determinar em qual versão um bug foi encontrado e em qual versão foi corrigido.

Informações sobre manipulação de bugs por e-mail

A documentação completa está em: Introdução ao servidor de e-mail para controle e manipulação de bugs.

Encontrado, não encontrado, fechado

Ramos e NMU

O novo sistema lê os Changelogs (logs de alterações) dos pacotes de modo que, se um bug é corrigido em um ramo (branch) que não está no debian/changelog da versão sid atual (por exemplo, se ele aparece em uma atualização de segurança para estável (stable), ou similares), você pode indicar somente que o bug foi encontrado - found naquela versão e o sistema saberá que esta versão não é aplicável para a atual versão no sid.

Além disso, se um bug é corrigido em um NMU, mas a versão do NMU que o corrigiu não está incorporada quando o próximo upload acontece, o bug permanecerá aberto até que as mudanças no NMU seja incorporadas.

Fechando bugs inválidos

Se um bug que não é realmente um bug é relatado (ou seja, um(a) usuário(a) falhou em entender como o programa realmente funciona, ou algo similar), o bug pode ser fechado ao enviar um e-mail para 123456-done@bugs.debian.org sem o pseudocabeçalho, ou usando close 123456 sem versionamento.

Reabertura

Se você precisa reabrir um bug que foi fechado como inválido, poderia usar o antigo comando reopen. Mas se você vai reabrir um bug, porque ele ainda está presente na versão atual, envie um e-mail para control@bugs.debian.org:

found 123456 2.3-4

Reatribuição

Se precisar reatribuir um bug, é um gesto bacana incluir a versão afetada do pacote. No seu e-mail para control@bugs.debian.org, faça:

reassign 123456 bar 2.0-1

Etiquetas de distribuições específicas

A etiqueta sarge agora significa "não arquivo este bug até que ele tenha sido corrigido em uma versão no sarge".


CategoryBugs | CategoryRedundant: merge with BTS